Carregando..
Rede Cidadã: mais de 94.000 pessoas inseridas no mundo do trabalho. Certificada Cebas.
Rede Cidadã Rede Cidadã 18 anos, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, México, EUA
Conteúdo acessível em libras usando o VLibras Widget com opções dos Avatares Ícaro ou Hozana.
Contrate agora

Rede Cidadã - Rede Sênior 2.0

Rede Sênior 2.0

26 abr 2018
Rede Sênior 2.0

O projeto Rede Sênior entra em uma nova etapa e capacitará 1.200 idosos de Belo Horizonte (MG), com apoio do Carrefour.

A Rede Sênior, que atende pessoas a partir dos 60 anos, está de fôlego novo em 2018. Após aprovação no Fundo do Idoso de Belo Horizonte (MG), o projeto conseguiu 100% do seu financiamento por meio de uma parceria com o Carrefour.

A turma piloto começou suas atividades no dia 21 de março e durante os 18 meses de duração desta edição, está prevista a elaboração de plano de vida para 1.200 idosos de nove regionais da capital mineira. Em seguida, todos serão encaminhados para a Empregabilidade, Empreendedorismo ou Voluntariado, de maneira que desfrutem de um processo de envelhecimento bem sucedido, longevo, saudável e sustentável. A retomada de uma vida ativa e a possibilidade de obtenção de renda são fatores que incentivam os sêniores a buscar, cada vez mais, seu espaço no mercado de trabalho.

Segundo Tatiana Carvalho, gerente de Empregabilidade da Rede Cidadã, as empresas parceiras que já contrataram sêniores têm muito para comemorar. “Os profissionais mais maduros têm experiência de vida, não só de mercado. Eles agregam muito para a equipe: são mais pacientes, carinhosos e têm uma dedicação diferente ao trabalho porque entendem a importância dele para suas vidas”, destaca. Do ponto de vista das empresas contratantes, também existem vantagens, como a redução de turn over, economia com gastos de transporte (para aqueles acima de 60 anos), e, claro, a melhoria do clima organizacional.

Inserir essa faixa etária no mundo profissional é uma atividade ainda pouco explorada, mas que se faz extremamente necessária, já que o Brasil caminha para se tornar um país de idosos. Basta conferir as perspectivas de envelhecimento: dados oficiais do IBGE apontam que até 2030, o número de pessoas com 60 anos ou mais será maior que o grupo de crianças com até 14 anos no Brasil. A Rede Cidadã acredita no desenvolvimento socioemocional na melhor das idades.