Carregando..
Rede Cidadã: mais de 94.000 pessoas inseridas no mundo do trabalho. Certificada Cebas.
Rede Cidadã Rede Cidadã 18 anos, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, México, EUA
Conteúdo acessível em libras usando o VLibras Widget com opções dos Avatares Ícaro ou Hozana.
Contrate agora

Rede Cidadã - Pessoa que tem deficiência ou portadora de deficiência?

_ Notícias

Pessoa que tem deficiência ou portadora de deficiência?

12 dez 2012
Pessoa que tem deficiência ou portadora de deficiência?

[cadastre link=”https://www.redecidada.org.br/atuacao/formulario-para-pessoas-com-deficiencia/” texto=”Faça sua inscrição (somente para Belo Horizonte)”]

No início deste mês de dezembro, na 3ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a presidenta Dilma Rousseff utilizou de forma inadequada a nomenclatura “pessoa portadora de deficiência” e foi até vaiada.

Diante do assunto em voga, Maria Fátima Pio, Coordenadora do Programa Rede Inclusiva da Rede Cidadã focado para pessoas que tem deficiência, escreveu um texto para nossos internautas.

Leia abaixo e compartilhe com seus amigos.

_____________________________________________________________________

As palavras utilizadas ao nos referimos às pessoas, de um modo geral, refletem o conceito que adotamos sobre elas, a imagem que temos a seu respeito. As atitudes a elas relacionadas acabarão sendo influenciadas por essa imagem, a menos que estejamos plenamente alertas quanto às palavras que usamos.

Esta questão é importante devido à dificuldade que se encontra para designar as pessoas que apresentam qualquer tipo de deficiência, sem que se caia em alguma forma discriminativa e/ou preconceituosa.

Ao longo da história estas designações sofreram uma profunda evolução. O termo excepcional, lançado no Brasil por Dona Helena Antipoff, na década de 40 foi largamente utilizado até que se tornou também depreciativo. Depois deste, tivemos mais duas expressões muito usadas: portadores de deficiência e pessoas com necessidades especiais. Esta segunda expressão caiu em desuso por que abarca também todas as pessoas que temporariamente necessitam de cuidados especiais; uma gestante por exemplo.

O termo portador de deficiência é inadequado por que a deficiência não é algo que o indivíduo leva consigo e do qual pode dispor no momento que lhe convier. Não é tão pouco uma doença, um vírus que alguém porta: mas uma condição de vida.

Quando falamos que uma pessoa é deficiente, estamos considerando que a pessoa é completamente deficiente, e como se ela fosse a própria deficiência. É comum neste caso, gritarmos com uma pessoa cega por pressupormos que ela é também surda.

Por isso, o correto é quando dizemos que a pessoa tem uma deficiência. Isto significa que exceto naquele aspecto, surdez, por exemplo, a pessoa em questão é igual a todas as outras pessoas.

Na Rede Cidadã existe o programa social Rede Inclusiva em Belo Horizonte, com trabalhos especificamente para pessoas com deficiência, em que aplicamos a mesma metodologia de Geração de Trabalho e Renda utilizada em todas as áreas de nossa organização. Desenvolvemos tanto ações de capacitação e inserção no mercado de trabalho, quanto de sensibilização das empresas para recebê-la.

Você que mora em BH e tem alguma deficiência ou conhece alguém que tenha e quer trabalhar? Entre em contato com a gente

[cadastre link=”https://www.redecidada.org.br/atuacao/formulario-para-pessoas-com-deficiencia/” texto=”Faça sua inscrição (somente para Belo Horizonte)”]