Carregando..
Rede Cidadã: mais de 94.000 pessoas inseridas no mundo do trabalho. Certificada Cebas.
Rede Cidadã Rede Cidadã 18 anos, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, México, EUA
Conteúdo acessível em libras usando o VLibras Widget com opções dos Avatares Ícaro ou Hozana.
Contrate agora

Rede Cidadã - Mobilização pela Aprendizagem debate a condição do jovem trabalhador no Brasil

Mobilização pela Aprendizagem debate a condição do jovem trabalhador no Brasil

15 maio 2018
Mobilização pela Aprendizagem debate a condição do jovem trabalhador no Brasil

Aproveitando o Dia do Jovem Trabalhador, a temática foi debatida entre jovens, organizações da sociedade civil, órgãos públicas e empresas.

Foi realizada em Belo Horizonte (MG), no dia 24 de abril, a Mobilização pela Aprendizagem, uma ação promovida pela Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais (SRTE/MG), em parceria com o Fórum de Erradicação e Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador (Fectipa-MG, do qual a Rede Cidadã faz parte) e a Fundação Dom Cabral. A data foi escolhida por ser o Dia Internacional do Jovem Trabalhador.

O evento reuniu aprendizes, representantes de empresas e de instituições parceiras da socioaprendizagem, além de autoridades do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego. Foram discutidas estratégias para ampliar as contratações de aprendizes em situação de vulnerabilidade social, além de relatos de experiências bem sucedidas de empresas que praticam a inclusão de aprendizes.

Daniel Pereira da Costa, que foi aprendiz da Rede Cidadã enquanto cumpria medida socioeducativa, compartilhou a guinada que sua vida deu após receber essa oportunidade. “Entrei na Rede Cidadã com pouca perspectiva de vida, pois estava em cumprimento de medida socioeducativa” explicou Daniel. “Aprendi muito com as aulas teóricas, projetos e eventos promovidos pelos educadores.” Ele hoje trabalha como efetivo na empresa que o contratou como aprendiz. (Para saber mais sobre a história dele, clique aqui: https://www.redecidada.org.br/vidas-transformadas/).

Ao final do evento, a Coordenadora do Fectipa/MG, Elvira Cosendey, fez uma homenagem a Joyce Cabral, da nossa equipe de Comunicação & Marketing, por seu apoio ao Fórum na criação de material voltado ao jovem trabalhador (até a logomarca do Fectipa/MG é criação de Joyce, que também iniciou sua trajetória profissional como aprendiz).

“O Programa de Aprendizagem cria oportunidades de crescimento econômico. Não só contribui para diminuir a violência e para o desenvolvimento do Brasil, mas aumenta as perspectivas desses jovens”, afirmou o Gerente Executivo do Núcleo de Sustentabilidade da Fundação Dom Cabral, Heiko Hosomi Spitzeck. Para aqueles que acompanham de perto o Programa de Aprendizagem Profissional, não faltam histórias de vidas transformadas para comprovar isso.