Carregando..
Rede Cidadã: mais de 95.433 pessoas inseridas no mundo do trabalho. Certificada Cebas.
Rede Cidadã Rede Cidadã 18 anos, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, México, EUA

Rede Cidadã - Empreendedores vencem desafio focado em sustentabilidade no RJ

_ Notícias

Empreendedores vencem desafio focado em sustentabilidade no RJ

30 abr 2015
Empreendedores vencem desafio focado em sustentabilidade no RJ

Projeto voltado para reaproveitamento de energia gerada pela atividade física surpreendeu a jurados e proprietários de academias cariocas:

Untitled-1

Gabriel Soares e Luiz Paulo Gagliano, empreendedores mentorados pela Rede Cidadã no Rio de Janeiro, foram os grandes vencedores do Desafio Negawatt. O evento foi desenvolvido em parceria do Banco Mundial e a prefeitura do Rio de Janeiro, e reuniu mais de 50 empreendedores de todo o Brasil no Espaço Nave da Universidade Estácio entre os dias 17 e 19 de abril.

A proposta do Desafio Negawatt (uma brincadeira entre as palavras ‘megawatt’ e ‘negativo’) foi promover uma competição de inovação, com o objetivo de buscar soluções para transformar cidades em lugares mais eficientes e sustentáveis – especialmente nas áreas de energia e água. Luiz Paulo e Gabriel Soares, que são fundadores da startup carioca Exercitaqui, desenvolveram o projeto da Power Box depois de identificarem uma onerosa dificuldade enfrentada por várias academias do Rio de Janeiro: o gasto com energia elétrica.

Segundo os desenvolvedores da Power Box, foram entrevistados proprietários de academias de todos os portes, e todos apresentaram a mesma reclamação: as despesas nesta área chegavam a representar o equivalente a 20% dos gastos da academia. Em um dos estabelecimentos, o gasto chegou a mais de R$ 70 mil só com a conta de luz. Com base nesse cenário, a Power Box foi desenvolvida.

A missão da Power Box é “transformar calorias em quilowatts”. Esse efeito é resultado da transformação da energia mecânica gerada pelo esforço do praticante de exercício físico em energia elétrica – e a mesma energia gerada retorna à concessionária de luz, gerando créditos para o estabelecimento e diminuindo assim o valor final da quantidade de energia consumida pelo local em questão. Como resultado, a conta de luz diminui consideravelmente. Outro diferencial do produto é a hibernação inteligente, que desliga os aparelhos fitness quando detecta que eles não estão em uso.

Contar com a orientação correta no desenvolvimento dos negócios e de seu produto foi um passo fundamental para garantir o sucesso da Power Box. Gabriel e Luiz Paulo são atendidos por Eduardo Melo, um mentor da Rede Cidadã, desde janeiro de 2015. “O apoio do Eduardo foi o que nos ajudou a criar raízes no mundo de startups. Ter um mentor, uma pessoa com mais experiência, é muito importante para o negócio. Por esse motivo, para mim, o trabalho da Rede Cidadã foi ótimo”, comemora Gabriel Soares.

O próximo grande passo dos empreendedores responsáveis pela Power Box é se prepararem para o projeto Smart Cities – congresso internacional que discute soluções para desenvolver as cidades e torná-las mais inteligentes. Este ano, o encontro acontecerá em Barcelona, entre os dias 17 e 19 de novembro.

Sobre o Desafio Negawatt:

Negawatt é uma iniciativa global que irá identificar soluções relevantes de hardware, software, ou de modelos de negócios que podem reduzir a intensidade energética urbana, melhorar a qualidade da prestação de serviços em setores de consumo, e oferecer ferramentas e estratégias de gestão de energia e de água. O Banco Mundial e a Prefeitura do Rio vêm trabalhando em iniciativas como o diagnóstico TRACE sobre eficiência energética em vários setores da cidade. O desafio Negawatt é a continuação desse trabalho e visa identificar soluções de impacto nas áreas de eficiência energética e de água para a cidade do Rio.