Carregando..
Rede Cidadã: mais de 94.000 pessoas inseridas no mundo do trabalho. Certificada Cebas.
Rede Cidadã Rede Cidadã 18 anos, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, México, EUA
Conteúdo acessível em libras usando o VLibras Widget com opções dos Avatares Ícaro ou Hozana.
Contrate agora

Rede Cidadã - Em tempos de crise, qualificação e empreendedorismo são as armas da Rede Cidadã

Em tempos de crise, qualificação e empreendedorismo são as armas da Rede Cidadã

16 dez 2015

Aliando responsabilidade social e desenvolvimento humano, organização atende demandas sociais, empresariais e ajuda a qualificar mão de obra

De acordo com os últimos dados do IBGE, o desemprego no País registra o maior índice desde 2012, 8,6%. Contudo, o número vai ao encontro de uma realidade muito mais esperançosa: a Rede Cidadã, organização social que promove qualificação e recolocação no mercado de trabalho, registra e comemora hoje mais de 50 mil pessoas inseridas no mercado de trabalho.

Especializada na geração de trabalho e renda para jovens, adultos e segmentos sociais mais vulneráveis, como pessoas com necessidades especiais, seniores (maiores de 50 anos) e o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais), a entidade insere esses indivíduos no mercado de trabalho por meio de projetos de Empregabilidade e de Aprendizagem, atendendo também a Lei do Jovem Aprendiz. Além disso, promove a melhoria de gestão de micro e pequenos empreendimentos, por meio do seu Eixo de Empreendedorismo, que disponibiliza mentores que oferecem todo o suporte técnico e de conhecimento ao micro e pequeno empreendedor.

A entidade oferece qualificação especializada em diversos segmentos, tais como os setores de varejo alimentar, tecnologia, entre outros. As próprias empresas parcerias da entidade absorvem a mão de obra que se forma dentro da instituição, o que faz girar uma roda de empregabilidade e parceria. Há, ainda, o diferencial de considerar o perfil de cada profissional, tanto na indicação da capacitação quanto no direcionamento das vagas.

Além desse trabalho, a organização facilita a entrada de empreendedores no mercado, dando a ele todo o suporte para o fomento do seu negócio. “Todas as pessoas que nos procuram, seja para aprender um ofício, se recolocar no mercado, ou para iniciar ou incrementar o próprio negócio, recebe toda orientação. Atendemos cidadãos a partir dos 16 anos e a não há limite de idade. A crise que vemos hoje no País reitera a necessidade de formação profissional, sobretudo para as pessoas mais carentes, já que sabemos que, sem uma profissão, sem treinamento, as chances de ocupar uma vaga no mercado diminuem ainda mais”, explica Fernando Alves, diretor executivo da Rede Cidadã.

O processo que norteia todo o atendimento da Rede Cidadã é a metodologia de Rede de Geração de Trabalho e Renda (RGTR). Durante o processo inicial da RGTR, os capacitados aprendem alguns conceitos básicos e que ajudam os futuros profissionais a se prepararem para situações profissionais – como uma entrevista de emprego, por exemplo. Também durante a RGTR, um mapa comportamental é aplicado em todos os candidatos, e seus resultados, que estimulam um processo de autoconhecimento, ajudam a nortear a Rede Cidadã a encaminhar os atendidos para vagas de emprego coerentes com o seu perfil.

Presente em 47 cidades de 9 estados brasileiros, a Rede Cidadã busca desenvolver atitudes comportamentais e competências vinculadas ao valor do trabalho para a vida, junto ao público atendido.

 Sobre a Rede Cidadã:

Considerada uma das principais entidades do gênero no país, a Rede Cidadã possui atuação em 47 cidades de nove estados brasileiros. A instituição cria complementaridade entre projetos sociais de governos, empresas e iniciativas sociais do Terceiro Setor com o objetivo de fortalecer o movimento de responsabilidade social empresarial com foco na geração de trabalho e renda.

A Rede Cidadã atua a partir de uma metodologia desenvolvida exclusivamente pela própria organização, a Rede de Geração de Trabalho e Renda (RGTR). Esse método já foi reconhecido em 2011 pelos avaliadores da Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social – iniciativas que compreendem produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representam efetivas soluções de transformação social.

 ASSESSORIA DE IMPRENSA:
ETC COMUNICAÇÃO – (31) 2535-5257 / 9120-5295
Núdia Fusco – nudia@etccomunicacao.com.br
Giovanna Ribeiro – giovanna@etccomunicacao.com.br
Natália Chagas – natalia@etccomunicacao.com.br