Muito além de uma obrigatoriedade legal, trata-se de uma
estratégia de desenvolvimento pessoal e profissional
para adolescentes, jovens e pessoas com deficiência.

    Socioaprendizagem

    O Programa de Socioaprendizagem da Rede Cidadã desenvolve com os adolescentes, jovens e pessoas com deficiência uma proposta de formação contemporânea, alinhada às demandas do século XXI, que tem o foco na formação das competências técnicas e socioemocionais necessárias para o mundo do trabalho.

    O projeto politico-pedagógico do Programa foi formatado com práticas e conteúdos inovadores e inclusivos, baseado em projetos e vivências que promovem interações significativas entre os atores envolvidos nesse processo: aprendiz, empresa, escola, família e toda a rede de agentes envolvidos.

    Ao receber um(a) aprendiz, o empresário tem a oportunidade de contribuir com a formação de um(a) jovem ávido(a) por conhecimento e cheio(a) de energia, provocando no ambiente um intercâmbio de gerações e aprendizados.

Dados do projeto

  • Público-alvo: jovens e adolescentes.
  • Abrangência geográfica: todas as cidades onde a Rede Cidadã está presente.
  • Data de implantação: 2009
  • Status: ativo.
  • Parceiros e investidores:
  • Como participar

  • Ter acima de 16 a 22 anos.
  • todas as cidades onde a Rede Cidadã está presente.
  • Estar cursando ou ter concluído o Ensino Médio.
  • Como apoiar o Programa

  • Canais de atendimento

  • Informações gerais
  • www.redecidada.org.br
  • E-mail: redecidada@redecidada.org.br
  • Como esse projeto contribui para os ODS:

    Resultados

      42.991

      Aprendizes contratados*

      7.881

      Aprendizes ativos em março de 2019*

      1.247

      Aprendizes PCD contratados*

      3.154

      Empresas parceiras com aprendizes ativos*

    Vidas e empresas transformadas

      Daniel Costa

      Daniel Pereira Costa, 20 anos, é um belorizontino com uma história inspiradora de superação. Aos 15 anos, ele se envolveu com a criminalidade e entrou em conflito com a lei. Em 2015, [...]

      Lucas Oliveira

      Lucas Oliveira, aprendiz da Rede Cidadã em Recife (PE) foi um dos escolhidos entre 100 jovens inscritos para apresentar uma proposta de projeto social na Organização das Nações Unidas - ONU.



    
    VOLTAR AO TOPO