Notícias

Fazer o bem sem olhar a quem

31/01/2020

Jovem que já teve bicicleta roubada doa uma ao colega que passou pela mesma experiência

Para inspirar seu dia contamos aqui a história de Adrian, 16, aprendiz da Rede Cidadã em Patrocínio (MG). Na segunda-feira, 27/01, ao final da aula teórica do Programa de Socioaprendizagem, ele foi surpreendido com o roubo da bicicleta que era seu único meio de locomoção. “Na hora em que eu fui saindo da Rede eu ia em direção às bicicletas, mas não encontrei a minha”, conta ele. “Fiquei assustado e na mesma hora me toquei que tinha sido roubado, então avisei minha coordenadora Shirleyne. Ela disse que iria me ajudar a encontrar a bicicleta, mas mesmo assim fui embora muito triste, pois eu dependo da bicicleta para tudo: preciso dela para trabalhar porque eu ajudo minha mãe em casa com o dinheiro que ganho como aprendiz.”

Foi então que teve início um movimento entre a equipe da Rede Cidadã e os aprendizes para conseguir uma bicicleta nova para Adrian. E foi aí que veio a surpresa: David, também aprendiz, disse que tinha duas bicicletas e que iria doar uma a Adrian! “Fiquei sem reação”, diz ele.  “Eu nunca tinha conversado com Davi, ele é de outra turma. Fiquei muito surpreso com a atitude dele porque ele nem se quer me conhecia. Então agradeci e agradeço a ele até hoje.”

“Sabe, desde pequeno fui ensinado através da Bíblia que o amor ao próximo é importante”, explica Davi. “Meus pais sempre me disseram que a pergunta que deve tomar o centro de nossa vida é ‘o que Jesus faria?’. Quando vi que alguém precisava de uma bicicleta foi automático, não pensei duas vezes e simplesmente abri mão da minha. E me senti bem ao fazer isto. Quando não consigo fazer o bem sem olhar a quem, ou demonstrar amor e compaixão com o próximo, onde está Deus em mim?” Detalhe: Davi sabia bem o que Adrian estava vivendo, pois ele mesmo já teve uma bicicleta roubada no passado.

“São atitudes como essa que nos fazem ter a certeza de que estamos no caminho certo”, derrete-se Shirleyne, Coordenadora da Socioaprendizagem em Patrocínio. “Temos a convicção de que os jovens estão compreendendo bem a real necessidade de viver as competências e os valores da Rede Cidadã. Sinto uma alegria enorme em meu coração.”


VOLTAR AO TOPO