Notícias

Aprendiz da Rede Cidadã de Recife vai aos EUA apresentar projeto à ONU

04/12/2018

O projeto de Lucas Oliveira foi escolhidos entre os 100 inscritos.

 

Com o intuito de ajudar jovens brasileiros a colocarem em práticas ideias que podem mudar o Brasil até 2030, por meio de projetos em áreas estratégicas, foram selecionados 40 jovens de todo o Brasil por meio do Programa de Mentoria 2030. Trata-se de uma iniciativa do programa Jovens na ONU, onde são criados projetos em acordo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Lucas Oliveira, aprendiz da Rede Cidadã em Recife (PE), participou de todas as etapas para classificação do Programa de Mentoria 2030 e foi um dos selecionados dentre os mais de 100 inscritos, com o projeto da Bancada Adaptável. Trata-se de uma bancada que se adapta à realidade de alunos cadeirantes adultos e jovens, acrescentando uma plataforma em Braille e um leitoril, para que pessoas com deficiência visual também possam utilizar esse instrumento. O projeto foi desenvolvido a partir do ODS 4.A, “construir e adaptar estruturalmente as salas de aula para portadores de deficiência”. “O Programa de Socioaprendizagem me trouxe uma forma diferente de observar as pessoas”, conta Lucas. “Eu passei a fazer muito mais pelas pessoas do que por mim mesmo.”

Desde 2002, a Friendship Ambassadors Foundation (FAF) organiza com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) a Assembleia da Juventude, em Nova Iorque, Estados Unidos. O evento é uma plataforma criada para elevar as vozes de jovens em diálogos internacionais sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Jovens que são não só nossos novos líderes mas também agentes interessados no futuro do planeta. Parabéns a Lucas por se tornar um deles!


VOLTAR AO TOPO